Página Inicial Facebook Twitter Instagram YouTube WebMail

CBTU

Cadastre-se e recebe informações sobre a sua campanha.

* Nome:
* E-mail:
Empresa:
Telefone:
          Negociações: CBTU
Código:
Data Base: 1º de maio
Diretor responsável: Ricardo Soares

Sugestões:
• E-mail: nc@sengemg.org.br
• Tel.: (31) 2510-4649 | (31) 2510-4378 | (31) 2510-5387 | (31) 2510-5318



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CBTU

Engenheiros (as) definem pauta de reivindicações em assembleia

Postado em: 22/03/2018

A pauta de reivindicações dos engenheiros e engenheiras que trabalham na CBTU, lotados (as) em Minas Gerais, foi definida em assembleia ocorrida nesta segunda-feira, 19/03, na unidade da empresa no bairro São Gabriel, em Belo Horizonte. Entre os itens da pauta está o do Salário Mínimo Profissional (SMP), na qual é reivindicado que a CBTU seja obrigada a cumprir as disposições contidas na Lei 4.950-A/66, aplicando o piso no salário base do engenheiro.

Quanto ao reajuste salarial, os engenheiros (as) pedem 9,59%, com aplicação linear e recomposição dos salários em 7,12%, referente às perdas acumuladas no período de maio/2010 a abril/2016. A categoria reivindica, ainda, a participação de dois dirigentes sindicais por sindicato para compor a comissão nacional para promover estudos visando a revisão do Plano de Emprego e Salário (PES) 2010.

Outra cláusula que consta na pauta é relativa à paridade. Nela, é pedido que CBTU se comprometa a cumprir as leis 8.186/91 e 10.478/2002 que garantem a complementação de aposentadoria constituída pela diferença entre o valor da aposentadoria paga pelo INSS e o da remuneração do cargo correspondente ao pessoal em atividade na CBTU, com a respectiva gratificação adicional por tempo de serviço.

A garantia de emprego também foi contemplada na pauta de reivindicações, bem como a garantia da data-base para 1º de maio; a liberação de dirigente sindical e a realização da mesa permanente de negociações com reuniões bimestrais nas Unidades Administrativas Regionais e reuniões trimestrais a nível nacional

A pauta especifica também que a CBTU garanta a incorporação de todas as conquistas econômicas e sociais adquiridas pelos Sindicatos Profissionais Majoritários, no que couber aos engenheiros.

Duas cláusulas novas foram incluídas em relação à pauta de 2017. Uma solicita que o valor do auxílio para os filhos portadores de deficiência seja do mesmo valor que o auxílio creche. A outra, que haja um adicional salarial equivalente a 10% para os funcionários que participem de comissões ou gestões de qualquer natureza ou que seja designado como gestor ou fiscal de contratos e/ou de Atas de Registro de Registro de Preços.

Durante a assembleia, os engenheiros pediram que seja retomada as discussões sobre questões relativas à Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social (Refer) na mesa de negociações.


A pauta de reivindicações foi definida em assembleia com engenheiros (as) da CBTU 

 

Enviado por: Carol Diamante

Cadastre-se e receba o Senge Online, a newsletter semanal do Senge-MG.

* Nome:
* E-mail:
* Empresa:
Telefone:
Código:

NEGOCIAÇÕES COLETIVAS

Selecione o ano:

ACORDOS E CONVENÇÕES

SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS

Rua Araguari, 658 • Barro Preto • BH / MG
CEP: 30190-110
(31) 3271 7355 • (31) 3546 5151

Negociações Coletivas:
(31) 3271-7355 | E-mail: nc@sengemg.com.br
Página Inicial Facebook Twitter Instagram YouTube WebMail
2018, SENGE MG - SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS