Página Inicial Facebook Twitter Instagram YouTube WebMail

Energia Fotovoltaica

O Sol além da inspiração

Postado em: 31/03/2016

Fonte: www.americadosol.org   

 


“O sol poder fornecer até 25% da eletricidade mundial em 2050" - 
Nobuo Tanaka - Diretor executivo da Agência Internacional de Energia

 

Diariamente toneladas de energia chegam ao nosso planeta de forma gratuita e limpa. Os raios solares, além de trazerem a luz e o calor essencial para a vida na Terra, podem ser aproveitados para a geração de eletricidade. Como isto é possível? Através de uma tecnologia chamada fotovoltaica, ou seja, luz transformada em eletricidade.

O termo ‘Fotovoltaica’ é o casamento de duas palavras:

Foto = que tem sua raiz na língua grega e significa “luz” e

Voltaica = que vem de ‘volt’ que é a unidade para medir o potencial elétrico.

Para fazer isto, são utilizadas células solares formadas por duas camadas de materiais semi-condutores, uma positiva e outra negativa. Ao atingir a célula, os fótons da luz excitam os elétrons, gerando eletricidade. Quanto maior a intensidade do sol, maior o fluxo de eletricidade. O material mais comumente utilizado é o silício. Por ser o segundo elemento mais abundante da face da terra, não há limites com relação à matéria-prima para produção de células solares. A eletricidade gerada pelas células está em corrente contínua, que pode ser imediatamente usada ou armazenada em baterias.

Em sistemas conectados a rede, a energia gerada precisa passar por um equipamento chamado inversor, que irá converter a corrente continua em alternada com as características (freqüência, conteúdo de harmônicos, forma da onda, etc) necessárias para atender as condições impostas pela rede elétrica pública. Assim, a energia que não for consumida pode também ser lançada na rede.

Não confunda, energia solar térmica com energia solar fotovoltaica!

Na solar térmica, a energia do sol é transformada em calor e é utilizada para o aquecimento de água em residências, hotéis, clubes, etc.Neste caso, são usados COLETORES solares.

Na solar fotovoltaica, a energia é diretamente convertida em eletricidade e, neste caso, são usados MÓDULOS solares.

Benefícios e Custos 

Os sistemas solares fotovoltaicos, principalmente aqueles integrados as edificações urbanas e interligados ao sistema de distribuição, oferecem diversas vantagens para o sistema elétricos, muitas das quais relacionadas a custos evitados e que ainda não são considerada ou quantificadas. Veja abaixo algumas delas:

Redução de perdas por transmissão e distribuição de energia, já que a eletricidade é consumida onde é produzida;

Redução de investimentos em linhas de transmissão e distribuição;

Edifícios com tecnologia fotovoltaica integrada não exigem área física dedicada;

Edifícios solares fotovoltaicos fornecem os maiores volumes de eletricidade nos momentos de maior demanda (Ex.: o uso de ar-condicionado é maior ao meio-dia no Brasil, quando há uma maior incidência solar);

Quando distribuídos estrategicamente, os geradores fotovoltaicos oferecem mínima capacidade ociosa de geração: por sua grande modularidade e custos prazos de instalação, podem ser considerados como um Just-in-time de adição de capacidade de geração. 

Vídeo 

O Instituto Ideal produziu um vídeo educativo que explica em menos de 3 minutos o que é eletricidade solar.

Assista, aqui! 

 

Enviado por: Luiza Nunes 

 

Cadastre-se e receba o Senge Online, a newsletter semanal do Senge-MG.

* Nome:
* E-mail:
* Empresa:
Telefone:
Código:

NEGOCIAÇÕES COLETIVAS

|Selecione o ano:
T: 9

ACORDOS E CONVENÇÕES

SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS

Rua Araguari, 658 • Barro Preto • BH / MG
CEP: 30190-110
(31) 3271 7355 • (31) 3546 5150
sengemg@sengemg.com.br

Negociações Coletivas:
(31) 3271-7355 | E-mail: nc@sengemg.com.br
Página Inicial Facebook Twitter Instagram YouTube WebMail
2019, SENGE MG - SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS