Página Inicial Facebook Twitter Instagram YouTube WebMail

CBTU

Cadastre-se e recebe informações sobre a sua campanha.

* Nome:
* E-mail:
Empresa:
Telefone:
          Negociações: CBTU
Código:
Data Base: 1º de maio
Diretor responsável: Ricardo Soares

Sugestões:
• E-mail: nc@sengemg.org.br
• Tel.: (31) 2510-4649 | (31) 2510-4378 | (31) 2510-5387 | (31) 2510-5318



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CBTU

Primeira rodada de negociações com a CBTU para o ACT 2017/2018 é realizada

Postado em: 26/04/2017

A Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge) reiterou o interesse e a necessidade da união entre as diversas federações e sindicatos, no intuito de buscar as melhores condições de trabalho, garantir e avançar nas conquistas das categorias. Na primeira rodada de negociações, realizada nos dias 18 e 19 de abril, no Rio de Janeiro, requereu a unificação da pauta de reivindicações dos engenheiros com as dos trabalhadores representados pelos sindicatos e federações de base nas negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2018 com a CBTU.

As entidades que representam as categorias de base não aceitaram a requisição da Fisenge, alegando que a instituição representa somente os engenheiros, enquanto que os sindicatos de base todos os outros trabalhadores. 

 Pauta de reivindicações

A pauta de reivindicações dos engenheiros foi a primeira a ser discutida na reunião. A CBTU negou as cláusulas referentes ao cumprimento do Salário Mínimo Profissional (SMP), uma vez que a questão está sendo tratada na revisão do Plano de Emprego e Salários (PES). Questionada sobre o andamento do PES e a previsão da conclusão dos trabalhos a empresa afirmou que a revisão já está em fase final e a expectativa é que até, no máximo, junho já esteja concluído o novo PES.

Quanto ao reajuste e a recomposição salarial, a CBTU não apresentou nesta primeira rodada de negociação o aceite ou uma contraproposta ao pedido dos sindicatos. A empresa justificou que foi comunicada na véspera da rodada de negociação sobre o corte de orçamento e repasses pelo governo federal, sendo que a partir dessa informação terá que refazer todo o planejamento orçamentário e apenas quando da conclusão deste é que poderá analisar a proposta dos sindicatos e a viabilidade do reajuste e recomposição salarial dos empregados.

A reunião seguiu com a análise da pauta dos sindicatos de base. Dada a extensão da pauta, nem todas as cláusulas puderam ser discutidas nos dois dias de reunião, por isso um novo encontro deverá ser agendada em breve, com a previsão de que seja realizado em Belo Horizonte.

 

Enviado por: Carol Diamante

Cadastre-se e receba o Senge Online, a newsletter semanal do Senge-MG.

* Nome:
* E-mail:
* Empresa:
Telefone:
Código:

NEGOCIAÇÕES COLETIVAS

|Selecione o ano:
T: 9

ACORDOS E CONVENÇÕES

SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS

Rua Araguari, 658 • Barro Preto • BH / MG
CEP: 30190-110
(31) 3271 7355 • (31) 3546 5150
sengemg@sengemg.com.br

Negociações Coletivas:
(31) 3271-7355 | E-mail: nc@sengemg.com.br
Página Inicial Facebook Twitter Instagram YouTube WebMail
2019, SENGE MG - SINDICATO DE ENGENHEIROS NO ESTADO DE MINAS GERAIS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS